Feeds:
Posts
Comentários

Elora e os Canyons

Ainda tem muito o que se ver em Elora:

 

00001263

00001071

00001259

Nessa ponte tem muitos pássaros e alguns ninhos.

00001067

00001161

00001187

00001265

00004186-copia-copia

????????????????????????????????????

00004190-copia-copia

Depois que visitamos Elora, almoçamos e seguimos para o Victoria Park River e os canyons.

davidstreetbridge

David Street Bridge – Foto Wikipedia.

No caminho passamos pela David St. Bridge: uma obra magnífica, arquitetonicamente falando!Mas a foto só fica bonita vista debaixo.

Apresentamos os braceletes  que recebemos quando pagamos o ingresso no Elora Gorge e entramos no parque para estacionar o carro. Todo percurso é bem sinalizado e protegido para evitar quedas.

A placa diz mais ou menos isso:”Desfiladeiro profundo, atenção, fique atrás a partir da borda.”

00001363

Andamos um pouco na trilha até chegarmos ao rio.

00001303

00001307

00001313

00001309

00001311

O Grand River passa por um desfiladeiro de dois quilômetros de comprimento, com falésias calcárias que alcançam 22 metros de altura.

00001299

00001293

São desenvolvidas  atividades como pesca, canoagem, ciclismo, natação, camping, caminhadas e piqueniques.

00001319

00001325

O pessoal gosta de sentar  nessa pedra para tirar foto.

00001323

00001331

Chegamos ao rio e ficamos observando a paisagem, a correnteza do rio e os visitantes que estavam do outro lado. Esse rapaz teve dificuldade de manobrar o caiaque por causa da correnteza .

00001339

00001345

00001349

00001355

00001285

Quanto mais olhava mais curtia esse presente da natureza!

00004193-copia-copia

00004194-copia-copia

00001361

Depois do passeio e  das intermináveis fotos, retornamos ao estacionamento.

00001367

00001369

Mais uma aventura que valeu muito a pena!

00001374

Até breve!

 

 

Essa viagem para o Canadá foi cheia de novidades! Fomos conhecer uma cidadezinha chamada Elora,  no município de Wellington County, distrito de Centro Wellington, Ontário.

00001065

Fica a 115 km de Toronto,  cerca de 20 km ao norte de Guelph  e a 20 km a nordeste de Kitchener-Waterloo.

00001213

Mapa e uma visão da cidade

Foto: Flickr.com

Foto: Flickr.com

Foi fundada  pelo Capitão William Gilkison, em 1832. Ela está situada no Grand River. As casas são feitas de pedra calcária.

00001177

Mill Street West

00001211

As principais atrações da cidade  são: uma cachoeira  com o nome de “Tooth of Time”, uma pequena ilha,  um moinho com cinco andares, além de lojas e galerias de arte. A rua mais badalada é a Mill Street West. Lá estão lojinhas, o  cinema, o shopping , cafés e restaurantes típicos.

Esse é o Velho Moinho. Desse ângulo dá pra ver os cinco andares:

 

Foto: wikipedia

Foto: wikipedia

Outro ângulo do moinho

00001205

00001183

Lojinha no centro da cidade

00001193

00001267

00001217

00001271

Foto: pinterest

Foto: pinterest

Ruínas da Fábrica Karkiddie

220px-mill_ruins_elora

Foto: wikipedia

Depois que visitamos a cidade fomos  conhecer o Elora Quarry,  um lago que se formou  de uma pedreira de calcário arrodeado de falésias  com altura de 12 metros.

00001073

Não tive coragem de entrar: a água estava gelada, rs!

00001099

00001081

Não é permitido salto, mas algumas pessoas desobedecem as regras. Tem vários fiscais orientando os aventureiros sobre o perigo. Mesmo assim os “destemidos” se jogam!

00001101

Algumas cenas do filme Angel Eves foi filmado no  Elora Quarry. O lugar é muito lindo!

00001135

O parque é bastante arborizado, tem lugares para piquenique e não admite álcool  nem cães. Ao pagar recebemos um bracelete para ser apresentado na outra atração : canyons.

00001127

00001119

00001133

Informações do parque:

    • O parque está aberto no primeiro sábado de junho até o Dia do Trabalho dez horas – oito horas nos fins de semana e onze horas – oito horas nos dias de semana.
    • Endereço: 319 Wellington County Rd. 18, Elora.

Admissão parque (Dolar canadense)

Pré-escolar (5 e abaixo)        Livre
Criança (6-14)                            3 
Adulto (15-64)                           6
Aviso do Parque:
Nenhum salto ou mergulho é permitido a partir do CLIs. Os visitantes devem
ficar atrás das barreiras.
A praia não é vigiada. Pais e responsáveis – manter um próximo às crianças,
assistir em todos os momentos.
Um programa de colete salva-vidas de empréstimo está disponível. O uso dos coletes salva-vidas é
livre com um pequeno depósito, re-embolsável. Informe-se na portaria.
 Mais Elora:
Esse é um boneco  feito de madeira.
00001227
O rio e os pássaros
00001233
Patinhos no rio
00001223
Cenas da cidade:
00001175
Procure o esqueleto do lagarto. Encontrou?rs
00001275
00001163
00001155

Até o próximo post com mais Elora.

Ah! O esqueleto está na parede acima do carro estacionado. É feito de metal.

 

 

Visita ao Museu Aga Khan

Na última  viagem  a Toronto fui visitar um museu  chamado Aga Khan. O museu apresenta arte islâmica, iraniana (persa) e muçulmana.

P1070781-2

Vista do exterior do Museu Aga Khan

Abriga coleções de arte e herança islâmica acrescentando um acervo de coleções particulares de Sua Alteza o Aga Khan, do Instituto de Estudos Ismaili em Londres, e do Príncipe e da Princesa Sadruddin Aga Khan, que apresentam contribuições  artísticas, intelectuais e científicas das civilizações muçulmanas.

Na entrada, a fachada do museu é refletida num espelho d’água, de granito preto. Na  área externa  tem uma lagoa de pedra preta,  refletindo a fachada do museu e o jardim.

P1070778-2

P1070779-2

Pátio externo – Café

Esse museu foi projetado por  Pritzker Prize. Abrange uma área de 10 mil metros quadrados, com jardins e rodeado por um grande parque.

P1070783-2

Jardins

P1070784-2

P1070788-2

O projeto foi criado pelo  arquiteto paisagista Vladimir Djurovic. O museu foi  inaugurado  em 18 de setembro de 2014.

P1070789-2

P1070793-2

Na entrada tem uma loja do museu ( souvenir), um café, a Bilheteria  Desk (admissão) e um tapete pendurado no teto. Ele é todo  feito a mão. No pátio externo a entrada é free.

P1070840-2

 Bilheteria Desk (admissão)

Bilheteria Desk (admissão)

Tapete feito a mão. Atrás é todo vermelho.

Tapete feito a mão. Atrás é todo vermelho.

A coleção abrange 1.000 objetos: cerâmicas, metalurgia, pinturas, manuscritos, entre outros.

P1070795-2

P1070797-2

P1070798-2

P1070800-2

P1070806-2

P1070807-2

P1070808-2

P1070809-2

P1070810-2

P1070811-2

P1070812-2

P1070813-2

P1070801-2

P1070803-2

P1070804-2

P1070805-2

P1070814-2

P1070815-2

P1070816-2

P1070817-2

P1070818-2

P1070820-2

P1070821-2

P1070823-2

P1070825-2

P1070826-2

P1070827-2

P1070829-2

P1070828-2

O pátio interior é uma característica tradicional da arquitetura islâmica.

P1070830-2

Pátio interno

Nota do museu:

“Os visitantes são convidados a relaxar no pátio Aga Khan Park ou museu, ver as coleções no quarto Bellerive, ou navegar na Loja do Museu, sem compra de um bilhete Museu admissão.Os bilhetes são necessários para a entrada em galerias e para a participação na maioria das artes de palco e programas de educação e eventos.” Pode também ser comprado on-line.

P1070831-2

Pátio interno

P1070837-2

Piso do pátio

P1070838-2

P1070833-2

P1070841-2

P1070842-2

P1070843-2

Café

P1070844-2

Jardins

P1070845-2

P1070847-2

O Sol iluminando a pirâmide!

P1070848-2

P1070849-2

P1070851-2

P1070850-2

P1070853-2

P1070857-2

P1070858-2

Onde fica:

77 Wynford  Dr,  Toronto, Ontário  M3C  1K1 , Canadá.

Os bilhetes são necessários para admissão nas galerias.

Funcionamento:

Aberto de terça a domingo das 10 horas – 18 horas, exceto às quartas-feiras, quando tiver horas estendida 10 horas – 20 horas.
Segundas-feiras fechados, exceto feriado estatutário segundas-feiras.

A entrada para o museu e todas as exposições é gratuita todas as quartas: 16 horas – 20 horas.

Nota do Museu:

“Os visitantes, por favor, note: carrinhos são geralmente permitido nas galerias. No entanto, durante os períodos de pico, especialmente quarta-feira noite de 4-6: 30 pm, a entrada de carrinho de criança pode ser restrito. Carrinhos estacionamento sem supervisão estará disponível neste momento.

O Museu não será responsável por qualquer perda ou dano à propriedade pessoal”

Admissão:

Adulto: $20

Criança (6-13): $10

Senior: $15

Student: $12  (14-17 ou a tempo inteiro pós-secundário com ID)

Grupo (10+): Adulto $15, Criança: $8, Senior: $12, Student: $10

Admissão membro: LIVRE

NOTA do MUSEU:

“Os visitantes, por favor:

  • não toque em nenhum dos artefatos ou obras de arte.
  • não consumir alimentos e bebidas nas galerias ou auditório.
  • transformar o seu telefone móvel para o ajuste nas galerias vibrar, e desligar o dispositivo no auditório.
  • não usar o flash no primeiro andar (coleções de museu) galerias.
  • não tirar fotos no segundo andar (Exposições Temporárias) galerias.
  • não use bastão de selfie no Museu.
  • verificar itens de grande porte (por exemplo, mochilas, guarda-chuvas, e tripés) no vestiário gratuitamente.
  • pergunte no Bilhetes de turismo antes de esboçar nas galerias.

O Museu é monitorado pela vigilância de vídeo.

Os visitantes com idade inferior a 14 anos devem ser acompanhados durante toda a duração da sua visita de um acompanhante que tenha pelo menos 14 anos de idade.”

 

 

 

 

 

Algumas curiosidades sobre Praga que valem uma visita.

Visitar a Estação Ferroviária de Praga – decorada por dentro com brasões e estátuas.

DSC08687

DSC08690

DSC08688

Passear pela cidade no ônibus de turismo.

DSC08706

Esta é a Praça Venceslau.

DSC08699

Praça Venceslau com suas lojas.

DSC08713

Visitar a Catedral de São Vito (ou Catedral de Praga), que é a maior do país.  Construída juntamente com o castelo, a Catedral serve de mausoléu para a Dinastia Real.

DSC08743

DSC08753

Pinturas na Catedral

DSC08767

DSC08775

Observar  os  detalhes da cidade

DSC08799

DSC08804

DSC08808

DSC08730

DSC08809

Atravessar a  famosa Ponte Carlos – que  liga a Cidade Velha ao Castelo de Praga. A Ponte tem 516 metros e  largura  de quase 10 metros. É apoiada em 16 arcos.

DSC08810

Passear na Ponte Carlos e fotografar muitooo!

DSC08838

DSC08842

Em ambos os lados da ponte estão 30 estátuas, em estilo barroco, representando vários santos e patronos.

DSC08833

DSC08815

DSC08819

DSC08823

Ser fotografada aqui, sozinha, é quase impossível, rs.

DSC08818

DSC08835

DSC08836

Com sorte vai apreciar músicas enquanto atravessa a ponte.

DSC08839

O Rio Moldava (Vltava, em checo) atravessa a cidade de Praga. Nasce na Boêmia e é confluente do Rio Elba. Tem uma extensão de 435 quilômetros e fica na parte ocidental da República Checa.

Aqui é possível um passeio de barco.

DSC08831

DSC08922

DSC08829

Fazer um passeio no centro histórico – observando os detalhes nas fachadas das casas. Praça da Cidade Velha com a Estátua de Jan Hus.

DSC08859

“Jan Hus foi um reformista religioso que foi queimado vivo por suas crenças. Mesmo assim, a religião pregada por ele é hoje a mais comum do país”. (Wikipedia)

Passear de charrete pelo Centro Histórico – ao fundo a Catedral de Týn (Igreja Nossa Senhora de Týn), de estilo gótico.

DSC08861

Se preferir tem modelos mais modernos como esse aí,rs.

DSC08862

Observar as decorações nas paredes: belíssimas!

DSC08865

DSC08869

Curiosidade: Como ele está flutuando no ar?

DSC08849

Não resisti ao passeio de barco no Rio Moldava!

DSC08951

Fotografando os  famosos pinguins.

DSC08920

Saboreando um delicioso sorvete, no barco!

DSC08874

A Ponte  Carlos vista de outro ângulo.

DSC08910

DSC08922
DSC08881

Os pinguins

DSC08924

DSC08930

DSC08935

DSC08936

DSC08949

DSC08956

Até breve!

Mais Budapeste

Essa viagem foi uma das mais emocionantes! Primeiro rever Viena, minha paixão e de quebra conhecer Budapeste e Praga.

DSC09045

Viena

Budapeste - Castelo de Buda

Budapeste – Castelo de Buda

Já tinha visitado o Campo de Concentração Nazista de Mauthausen, há 20 km de Linz – Áustria (ver post) e conhecia uma cidade da Hungria: Mosonmagyaróvár, além de Bratislava, na Slovakia.

DSC08513 - Foto Ginapsi

Campo de Concentração – Áustria

Mosonmagyaróvár - Hungria

Mosonmagyaróvár – Hungria

Bratislava

Bratislava – Eslováquia

Eu e minha prima resolvemos pegar o trem noturno para Budapeste. Saímos de Viena às 12 hs da noite e chegamos um pouco antes  das  5 horas da manhã , na estação ferroviária. Fizemos o breakfast lá mesmo.

A Estação é linda por dentro!

DSC07714

Estação

DSC07715

Depois aguardamos o primeiro ônibus turístico para conhecer a cidade e escolher quais os pontos que seriam visitados primeiramente. O ônibus  turístico sai  ao lado da estação. Fiquei encantada com a cidade.

 

Estação de Trem

Estação de Trem

Budapeste está localizada nas margens do Rio Danúbio. Do lado direito está a cidade de Buda e do lado esquerdo a cidade de Peste.

DSC07948

A junção das duas cidades aconteceu em 17 de novembro de 1873. A cidade é uma das mais belas da Europa, abrigando vários patrimônios culturais como o Castelo de Buda, a Praça dos Heróis, a Avenida Andrássy, o Metropolitano de Millenium, um dos mais antigos, perdendo apenas para o de Londres.

DSC07845

Ópera, Avenida Andrássy

Budapeste possui o maior sistema de água termal do mundo. A cidade conta com cerca de 125 nascentes, que produzem 70 milhões de litros de água termal por dia, com temperaturas variando até 58 °C. Algumas dessas águas tem efeitos medicinais, devido ao seu conteúdo mineral clinicamente valioso. Há um sistema de cavernas notáveis, formada pelas águas termais, situadas em algumas das colinas de Buda. (Wikepédia)

Budapeste tem 10 pontes, sendo a mais conhecida a Ponte das Correntes (Széchenyi Lánchíd).

 Széchenyi Lánchíd (Ponte das Correntes)

Széchenyi Lánchíd , Ponte das Correntes.

Ponte das Correntes

Ponte das Correntes

As outras são: a  Ponte da Liberdade (Szabadság híd) ,

Ponte da Liberdade

Ponte da  Liberdade

Ponte da Liberdade ou Szabadság híd

Ponte da Liberdade ou Szabadság híd

A Ponte Elisabeth (“Erzsébethit”),

Ponte Elisabeth ("Erzsébet hit"

Ponte Elisabeth (“Erzsébet hit”)

A Ponte de Margaret:

Ponte de Margaret

DSC_0256

Ponte de Margaret

Os edifícios mais característicos e importantes são o Castelo de Buda (Budai Vár):

DSC08008

Castelo de Buda

Castelo de Buda

Castelo de Buda

O Parlamento de Budapeste (Országház):

Parlamento

Parlamento da Hungria

A  Praça dos Heróis 

DSC07717

Praça dos Heróis

Praça dos Heróis

O Teatro Nacional de Budapeste –  e o pior aconteceu: acabou a bateria da máquina, rs.

Teatro Nacional, Wikipedia

Teatro Nacional, Wikipédia.

Tem mais Budapeste em breve.

Até lá!

 

A viagem a Praga … Mais um sonho realizado!

Saímos de Viena à noite (23:00 hs), da estação Wien Hauptbahnhof  e pegamos o trem da OBB. Minha prima estava comigo nessa aventura!

DSC08686

Compramos os tickets  com antecedência e, no dia marcado, seguimos viagem com destino a Praga.

DSC08685

Chegamos na Estação Ferroviária de Praga (Praha hlavní nádraží), pela manhã, às 05:00 hs  . Este é o interior da estação, em estilo Art Noveau. Vários emblemas e estátuas estão expostos no salão. Tire uns minutinhos para apreciar as caras esculpidas de mulheres representando a cidade de Praga como a Mãe das Cidades.

DSC08689

DSC08691

Estacionamento de ônibus de turistas, ao lado da estação de trem… Daí pegamos o ônibus para o tour na cidade.

DSC08694

Praça Venceslau – fica na Cidade Nova de Praga, local onde acontecem as grandes festas da cidade. Fica uns seis minutos da estação.

Em destaque está o Museu Nacional de Praga e, em frente, a Estátua de Venceslau.

DSC08697

DSC08695 Pç Venceslao

Na praça enorme, encontramos vários hotéis,  lojas, cafés e fast foods.

DSC08703

DSC08702

DSC08698

Chama atenção os prédios nos estilos Art Nouveau, Art Deco e Cubista.

Esse hotel de cor amarela, Hotel Europa, ficou famoso por aparecer num filme de Tom Cruise: “Missão Impossível”, quando o ator se esconde na cidade de Praga.

DSC08704

Seguindo, vamos encontrar a famosa Casa Dançante (Dancing House) – é um prédio de escritórios no centro de Praga. Foi desenhada pelo arquiteto croata Vlado Milunić, em cooperação com o arquiteto americano-canadense Frank O. Gehry.

Se tiver um tempinho, aproveite para entrar na Casa Dançante. No piso superior tem um restaurante chamado Ginger & Fred. De lá da pra ver o Castelo de Praga, o bairro de Malá Strana, da Torre Eiffel na colina de Petrín e o Rio Moldava.

Onde fica:

Jiráskovo náměstí 6
Prague 2 – Cidade Nova (Nové Město).

Acesso:
metro linha B – estação “Karlovo náměstí”
bondes n° 14 e 17 – parada “Jiráskovo náměstí”

Casa Municipal

Esse prédio é o Rudolfinun – Museu de Arte, Concerto, Música, Cultura e Arte.

DSC08720

Casa Municipal – construída entre 1906 e 1912, em estilo Arte Nova (Art Nouveau). Antigo Palácio Tribunal Real.

DSC08731

Estátuas

DSC08732

Catedral de Praga

DSC08740

Interior da catedral

DSC08745

DSC08748

DSC08774

DSC08772

DSC08761

DSC08742

DSC08846

DSC08792

Powder Tower – a Torre foi construída para celebrar a coroação de um rei, lá pelos anos de 1475. Era um dos treze portões de entrada na cidade.

DSC08843

A construção da ponte, toda feita de pedras, foi iniciada no século XIV  no reinado do Rei Carlos IV.

Vista da cidade

DSC08796

 

DSC08733

Na Praça da Cidade Velha, entre muitas outras atrações, encontramos:

*A Casa Esgrafitada do Minuto ( U Minutu), datada de 1611,  decorada com grafites em preto e branco;

DSC08851

*Torre do Relógio Astronômico Orloj – fica na Praça da Cidade Velha. De hora em hora  acontece a “Caminhada dos Apóstolos”,  um show mecânico com as esculturas dos apóstolos em movimento:

DSC08853

‘ O Orloj é um relógio astronômico medieval, localizado em Praga.  Foi montado na parede sul da Prefeitura Municipal da Cidade Velha, na Praça da Cidade Velha.

Orloj é composto de três componentes principais: o mostrador astronômico, representando a posição do Sol e da Lua no céu, além de mostrar vários detalhes celestes; a ”Caminhada dos Apóstolos”, um show mecânico representado a cada troca de hora com as figuras dos apóstolos e outras esculturas com movimento; e um mostrador-calendário com medalhões representando os meses (ou zodíacos, como aparecem em alguns textos)”. (Wikipedia)

Além dos apóstolos, as figurinhas situadas aos lados do relógio também se movem. O espetáculo é encantador. Acompanham: o esqueleto que tira uma corda, o Turco que sacode a cabeça, o Vaidoso que se olha no espelho e o Avarento que joga com a sua bolsa. No fim as janelas se fecham, o galo cocorica e o relógio da torre começa a bater a hora.

*Igreja de Nossa Senhora Diante de Týn

DSC08860

E outras que vamos ver no próximo post.

Outra atração em Praga é o “Lennon Wall”: muro grafitado em homenagem ao Beatles, John Lennon! Endereço: Velkopřevorské náměstí, 100 00 Praha 1, República Tcheca. Foto: Wikipedia.

 

No próximo post tem mais Praga.

 

 

Mais uma vez na Hungria. Já estive lá para conhecer a cidade de Monsonmagyaróvár (ver post – http://wp.me/pCHqb-21l ).

Hungria é um país localizado na Europa Central, especificamente na Bacia dos Cárpatos. Faz fronteira com a Eslováquia ao norte, Romênia ao leste, Sérvia ao sul, Croácia a sudoeste, Eslovênia a oeste, Áustria a noroeste e Ucrânia a nordeste.(Wikipédia)

A capital é Budapeste e a moeda é o Florim húngaro.

DSC07948

O país também é um destino turístico popular, atraindo cerca de 10 milhões de visitantes por ano. A Hungria abriga o maior sistema de fontes termais  e o segundo maior lago termal do mundo (Lago Hévíz) , o maior lago da Europa Central (Lago Balaton), e as maiores pastagens naturais do continente europeu (o Parque Nacional de Hortobágy). (Wikipédia)

A Hungria é  uma das nações mais antigas do continente europeu.

A capital  Budapeste é dividida pelo Rio Danúbio.

Fui de Viena para Budapeste de trem. Eu e minha prima, residente em Viena, escolhemos o trem noturno para chegar em Budapeste ao amanhecer.

DSC07868

Ao chegarmos na estação de trem fizemos um lanche, o cambio e aguardamos o ônibus turístico para fazer um tour pela cidade. Depois  de percorrer o trajeto, selecionamos os pontos turísticos que íamos  visitar e em que ordem.

Principais atrações visitadas:

DSC07783

Castelo de Buda, antigo Castelo Real

 

Bastião dos Pescadores

DSC_0261

Parlamento

 

 

DSC07872

Banhos Termais

 

DSC07719

Hall of Art – Museu

 

DSC07733

Mercado Central – construído no século XIX

Great Market Hall

Great Market Hall

Mercado

Mercado

No primeiro andar encontramos frutas, queijos, vinhos, carnes, peixes, verduras, embutidos e especiarias. No segundo andar encontra-se lojas , produtos artesanais, roupas e bordados (têxteis), souvenir, cafeterias e comidas como o famoso Goulash, além de bolachinhas e docinhos, salame,  páprica, alho, vinhos e  foie gras .

DSC07967

DSC_0222

Amei aqueles pratos de porcelanas!

DSC_0225

DSC_0227

Passamos na Ópera

 

DSC07844

Ópera

O prédio da esquina com letreiro amarelo é o Hotel Astoria.

Hotel Astoria

Hotel

No próximo post tem mais  Budapeste.