Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Europa’ Category

Algumas curiosidades sobre Praga que valem uma visita.

Visitar a Estação Ferroviária de Praga – decorada por dentro com brasões e estátuas.

DSC08687

DSC08690

DSC08688

Passear pela cidade no ônibus de turismo.

DSC08706

Esta é a Praça Venceslau.

DSC08699

Praça Venceslau com suas lojas.

DSC08713

Visitar a Catedral de São Vito (ou Catedral de Praga), que é a maior do país.  Construída juntamente com o castelo, a Catedral serve de mausoléu para a Dinastia Real.

DSC08743

DSC08753

Pinturas na Catedral

DSC08767

DSC08775

Observar  os  detalhes da cidade

DSC08799

DSC08804

DSC08808

DSC08730

DSC08809

Atravessar a  famosa Ponte Carlos – que  liga a Cidade Velha ao Castelo de Praga. A Ponte tem 516 metros e  largura  de quase 10 metros. É apoiada em 16 arcos.

DSC08810

Passear na Ponte Carlos e fotografar muitooo!

DSC08838

DSC08842

Em ambos os lados da ponte estão 30 estátuas, em estilo barroco, representando vários santos e patronos.

DSC08833

DSC08815

DSC08819

DSC08823

Ser fotografada aqui, sozinha, é quase impossível, rs.

DSC08818

DSC08835

DSC08836

Com sorte vai apreciar músicas enquanto atravessa a ponte.

DSC08839

O Rio Moldava (Vltava, em checo) atravessa a cidade de Praga. Nasce na Boêmia e é confluente do Rio Elba. Tem uma extensão de 435 quilômetros e fica na parte ocidental da República Checa.

Aqui é possível um passeio de barco.

DSC08831

DSC08922

DSC08829

Fazer um passeio no centro histórico – observando os detalhes nas fachadas das casas. Praça da Cidade Velha com a Estátua de Jan Hus.

DSC08859

“Jan Hus foi um reformista religioso que foi queimado vivo por suas crenças. Mesmo assim, a religião pregada por ele é hoje a mais comum do país”. (Wikipedia)

Passear de charrete pelo Centro Histórico – ao fundo a Catedral de Týn (Igreja Nossa Senhora de Týn), de estilo gótico.

DSC08861

Se preferir tem modelos mais modernos como esse aí,rs.

DSC08862

Observar as decorações nas paredes: belíssimas!

DSC08865

DSC08869

Curiosidade: Como ele está flutuando no ar?

DSC08849

Não resisti ao passeio de barco no Rio Moldava!

DSC08951

Fotografando os  famosos pinguins.

DSC08920

Saboreando um delicioso sorvete, no barco!

DSC08874

A Ponte  Carlos vista de outro ângulo.

DSC08910

DSC08922
DSC08881

Os pinguins

DSC08924

DSC08930

DSC08935

DSC08936

DSC08949

DSC08956

Até breve!

Read Full Post »

Essa viagem foi uma das mais emocionantes! Primeiro rever Viena, minha paixão e de quebra conhecer Budapeste e Praga.

DSC09045

Viena

Budapeste - Castelo de Buda

Budapeste – Castelo de Buda

Já tinha visitado o Campo de Concentração Nazista de Mauthausen, há 20 km de Linz – Áustria (ver post) e conhecia uma cidade da Hungria: Mosonmagyaróvár, além de Bratislava, na Slovakia.

DSC08513 - Foto Ginapsi

Campo de Concentração – Áustria

Mosonmagyaróvár - Hungria

Mosonmagyaróvár – Hungria

Bratislava

Bratislava – Eslováquia

Eu e minha prima resolvemos pegar o trem noturno para Budapeste. Saímos de Viena às 12 hs da noite e chegamos um pouco antes  das  5 horas da manhã , na estação ferroviária. Fizemos o breakfast lá mesmo.

A Estação é linda por dentro!

DSC07714

Estação

DSC07715

Depois aguardamos o primeiro ônibus turístico para conhecer a cidade e escolher quais os pontos que seriam visitados primeiramente. O ônibus  turístico sai  ao lado da estação. Fiquei encantada com a cidade.

 

Estação de Trem

Estação de Trem

Budapeste está localizada nas margens do Rio Danúbio. Do lado direito está a cidade de Buda e do lado esquerdo a cidade de Peste.

DSC07948

A junção das duas cidades aconteceu em 17 de novembro de 1873. A cidade é uma das mais belas da Europa, abrigando vários patrimônios culturais como o Castelo de Buda, a Praça dos Heróis, a Avenida Andrássy, o Metropolitano de Millenium, um dos mais antigos, perdendo apenas para o de Londres.

DSC07845

Ópera, Avenida Andrássy

Budapeste possui o maior sistema de água termal do mundo. A cidade conta com cerca de 125 nascentes, que produzem 70 milhões de litros de água termal por dia, com temperaturas variando até 58 °C. Algumas dessas águas tem efeitos medicinais, devido ao seu conteúdo mineral clinicamente valioso. Há um sistema de cavernas notáveis, formada pelas águas termais, situadas em algumas das colinas de Buda. (Wikepédia)

Budapeste tem 10 pontes, sendo a mais conhecida a Ponte das Correntes (Széchenyi Lánchíd).

 Széchenyi Lánchíd (Ponte das Correntes)

Széchenyi Lánchíd , Ponte das Correntes.

Ponte das Correntes

Ponte das Correntes

As outras são: a  Ponte da Liberdade (Szabadság híd) ,

Ponte da Liberdade

Ponte da  Liberdade

Ponte da Liberdade ou Szabadság híd

Ponte da Liberdade ou Szabadság híd

A Ponte Elisabeth (“Erzsébethit”),

Ponte Elisabeth ("Erzsébet hit"

Ponte Elisabeth (“Erzsébet hit”)

A Ponte de Margaret:

Ponte de Margaret

DSC_0256

Ponte de Margaret

Os edifícios mais característicos e importantes são o Castelo de Buda (Budai Vár):

DSC08008

Castelo de Buda

Castelo de Buda

Castelo de Buda

O Parlamento de Budapeste (Országház):

Parlamento

Parlamento da Hungria

A  Praça dos Heróis 

DSC07717

Praça dos Heróis

Praça dos Heróis

O Teatro Nacional de Budapeste –  e o pior aconteceu: acabou a bateria da máquina, rs.

Teatro Nacional, Wikipedia

Teatro Nacional, Wikipédia.

Tem mais Budapeste em breve.

Até lá!

 

Read Full Post »

Mais uma vez na Hungria. Já estive lá para conhecer a cidade de Monsonmagyaróvár (ver post – http://wp.me/pCHqb-21l ).

Hungria é um país localizado na Europa Central, especificamente na Bacia dos Cárpatos. Faz fronteira com a Eslováquia ao norte, Romênia ao leste, Sérvia ao sul, Croácia a sudoeste, Eslovênia a oeste, Áustria a noroeste e Ucrânia a nordeste.(Wikipédia)

A capital é Budapeste e a moeda é o Florim húngaro.

DSC07948

O país também é um destino turístico popular, atraindo cerca de 10 milhões de visitantes por ano. A Hungria abriga o maior sistema de fontes termais  e o segundo maior lago termal do mundo (Lago Hévíz) , o maior lago da Europa Central (Lago Balaton), e as maiores pastagens naturais do continente europeu (o Parque Nacional de Hortobágy). (Wikipédia)

A Hungria é  uma das nações mais antigas do continente europeu.

A capital  Budapeste é dividida pelo Rio Danúbio.

Fui de Viena para Budapeste de trem. Eu e minha prima, residente em Viena, escolhemos o trem noturno para chegar em Budapeste ao amanhecer.

DSC07868

Ao chegarmos na estação de trem fizemos um lanche, o cambio e aguardamos o ônibus turístico para fazer um tour pela cidade. Depois  de percorrer o trajeto, selecionamos os pontos turísticos que íamos  visitar e em que ordem.

Principais atrações visitadas:

DSC07783

Castelo de Buda, antigo Castelo Real

 

Bastião dos Pescadores

DSC_0261

Parlamento

 

 

DSC07872

Banhos Termais

 

DSC07719

Hall of Art – Museu

 

DSC07733

Mercado Central – construído no século XIX

Great Market Hall

Great Market Hall

Mercado

Mercado

No primeiro andar encontramos frutas, queijos, vinhos, carnes, peixes, verduras, embutidos e especiarias. No segundo andar encontra-se lojas , produtos artesanais, roupas e bordados (têxteis), souvenir, cafeterias e comidas como o famoso Goulash, além de bolachinhas e docinhos, salame,  páprica, alho, vinhos e  foie gras .

DSC07967

DSC_0222

Amei aqueles pratos de porcelanas!

DSC_0225

DSC_0227

Passamos na Ópera

 

DSC07844

Ópera

O prédio da esquina com letreiro amarelo é o Hotel Astoria.

Hotel Astoria

Hotel

No próximo post tem mais  Budapeste.

 

Read Full Post »

Na última visita a Viena fui conhecer uma cidadezinha muito charmosa! Grinzing.

DSC07391- Foto by Ginapsi

A cidade de Grinzing fica a noroeste de Viena. É conhecida como a cidade do vinho, pois a aldeia era habitada principalmente por viticultores. Atualmente faz parte do distrito 19 de Viena (distrito de Döbling). Para chegar lá pegue o ônibus 38A.

DSC07426 Foto by Ginapsi

É conhecida pelos seus vinhedos e cafés tradicionais, servindo vinho e suco de uva.

DSC07393 Foto by Ginapsi

DSC07395 Foto by Ginapsi

DSC07396-Foto by GinapsiCasario de Grinzing

DSC07410-Foto by Ginapsi

 

Vale a pena uma visita:

*A igreja paroquial, em estilo gótico, construída em 1426 e recentemente remodelada.

DSC07399-Foto by Ginapsi

DSC07398-Foto by Ginapsi

DSC07403Foto by Ginapsi

DSC07405-Foto by Ginapsi

DSC07406-Foto by Ginapsi

DSC07407-Foto by Ginapsi

DSC07401 Foto by Ginapsi.

*Sw Jan Nepomucen – monumento  próximo a igreja.

DSC07411 Foto by Ginapsi

DSC07413-Foto by Ginapsi

*O monumento a Karl Lueger.

*Piscina  em Grinzing – Krapfenwaldbad.  Endereço:  Krapfenwaldgasse 65-73, 1190 Viena, Áustria.

*O cemitério abriga os túmulos de Gustav Mahler, Alma Mahler-Werfel, o ator  Attila Hörbiger conhecido nacionalmente, além de outras personalidades locais: Paula Wessely, Heimito von Doderer, Ida Krotlendorf e o escritor Thomas Bernhard.

Gustav Mahler – Foto Wikipedia

Anna Mahler Grave-Foto wikipedia

Anna Mahler Grave – Foto Wikipedia

Grinzing- Foto wikimapia.org

Grinzing- Foto wikimapia.org

Heuriger – Tavernas (tabernas) de vinhos –  ambientes rústicos típicos de Viena.

DSC07430 - Foto Ginapsi

DSC07431 - Foto Ginapsi

DSC07432 - Foto Ginapsi

DSC07433 - Foto Ginapsi

DSC07434 - Foto Ginapsi

DSC07435 - Foto Ginapsi

Local muito lindo e aconchegante

DSC07436-Foto Ginapsi

Centro da cidade – o casario nos leva ao passado, casas com floreiras nas janelas

DSC07420 - Foto Ginapsi

DSC07419 -Foto Ginapsi

DSC07418 - Foto Ginapsi

DSC07417 - Foto Ginapsi

DSC07416 - Foto Ginapsi

DSC07390 - Foto Ginapsi

DSC07389 - Foto by Ginapsi

DSC07422- Foto by Ginapsi

DSC07423 - Foto by Ginapsi

DSC07421- Foto by Ginapsi

Para chegar em Grinzing  você pode pegar o  Autobus Haltestelle (38A)  ou o Strassenbahn Haltestelle.

Este é o Beiwagen (comboio especial) no circuito da linha 38, em Grinzing.

Foto: wikipedia

DSC07439 - Foto by Ginapsi

Foto by Ginapsi

Voltei para Viena nesse trem

DSC07438 - Foto Ginapsi

Foto by Ginapsi

Depois conto mais sobre minha terceira visita a Áustria e a “esticadinha”  até Budapeste e Praga.

Para ver como era um campo de concentração siga: http://wp.me/pCHqb-2fP

Até breve!

 

 

Read Full Post »

Depois de conhecer o castelo por fora vamos fazer uma visitinha nos principais cômodos.

As fotos  apresentadas são do site http://www.kreuzenstein.com , uma vez que não é permitido fotografar o interior dos aposentos.

Salão dos Cavalheiros – objetos mais importantes: tapeçarias Gobelim, mesa de jantar e “cadeiras tesouras”.

images (4)

SetWidth300-Rittersaal2

220px-Franz_Poledne_Interieur_Burg_Kreuzenstein_1

images (2) A Capela 

DSC07630- Foto Ginapsi

Foto by Ginapsi

DSC07629- Foto Ginapsi

Foto by Ginapsi

images (3)

Câmara do Príncipe (quarto) – cama de dossel, aparador, cadeiras, bancos e tapeçarias de Borgonha.

images (1) - Cópia

Foto do site Kreuzenstein

Fotos do site Kreuzenstein

Cozinha – chama atenção a mesa de carvalho com 7,5 metros, máquina de macarrão do Séc. 16

images

Fotos do site

SetWidth300-Burgkche1

1010---2009--schottland---eilean-donnan-castle

36573757_d83611ed7f_b

A Sala da Caça – decorada com armas, chifres, balanças de jogo, facas de caça e um chifre de um lendário unicórnio.

Foto do site Kreuzenstein

Foto do site Kreuzenstein

Foto do site Kreuzenstein

Foto do site Kreuzenstein

As armas – armaduras, capacetes, escudos, armas e material equestre e uma coleção de espadas, inclusive pequenos canhões.

headerbild18

images (5)

O Relógio – do Século 15, originário de Überlingen, no Lago Constance.

DSC07632-Foto Ginapsi

Foto by Ginapsi

Em frente ao castelo tem um restaurante (taberna) para vegetarianos e não-vegetarianos. O local é muito agradável, com uma vista maravilhosa para o vale.

O site do restaurante trás informações sobre como chegar ao castelo, de carro ou de ônibus:

http://www.burgtaverne-kreuzenstein.at/index.php/kontakt.html

Fotos do pátio do castelo:

DSC07635-Foto Ginapsi

DSC07634- Foto Ginapsi Material dos alunos visitantes, ao redor

DSC07625-Foto Ginapsi DSC07623-Foto Ginapsi

DSC07621-Foto Ginapsi DSC07596- Foto Ginapsi

DSC07599- Foto Ginapsi Vista do restaurante

DSC07654 - Foto Ginapsi

Foto by Ginapsi

Foto do restaurante – exterior

007-c5cda195

Área externa e estacionamento:

DSC07578- Foto by Ginapsi

DSC07580-Foto by Ginapsi DSC07583-Foto by Ginapsi DSC07581-Foto by Ginapsi

Trilha para o casteloDSC07584-Foto by Ginapsi

Chegando ao castelo e ao lado, a TabernaDSC07585-Foto by Ginapsi

DSC07593-Foto by Ginapsi O Fosso

DSC0759-Foto by Ginapsi

Que tal, gostaram?

Até breve com mais novidades!!!

Read Full Post »

Beleza, emoção, sonho, alegria, tudo junto e misturado!

Conhecer um castelo medieval é sem dúvida uma alegria enorme!

O castelo medieval dos Habsburgos. Coração aos pulos!

DSC07653-foto Ginapsi

Nessa viagem a Áustria fui convidada a conhecer um castelo medieval. O castelo está situado na Baixa Áustria e foi construído pela família Wilczek.

DSC07655-Foto Ginapsi

Está localizado ao norte de Viena, erguido sobre uma colina de 266 metros de altitude. Foi construído em 1874 sobre as fundações de outro castelo em ruínas, que teria sido erguido no século 12.

DSC07587-Foto Ginapsi

Entrada principal do castelo

DSC07594-Foto Ginapsi

O castelo foi reconstruído pelo conde Nepomuk Wilczek. Conta-se que a família comprou várias seções de estruturas medievais, de vários países da Europa, para formar o castelo.

DSC07641-Foto Ginapsi  Pátio

DSC07621-Foto Ginapsi

Foi equipado com uma grande coleção de móveis medievais e artefatos históricos, incluindo uma antiga catapulta medieval sobrevivente, adquiridos do Castelo de Hohensalzburg.

DSC07628-Foto Ginapsi

DSC07590-Foto Ginapsi

O castelo foi utilizado várias vezes como local para filmes:

*Em 2014 para a série de TV – The Ques;

*Em 2011 foi usado em Season of the Witch, com Nicolas Cage;

*Na série de televisão “Os Pilares da Terra” – de 2010, e muitos outros.

Este castelo é muitas vezes confundido com o castelo medieval Burg Liechtenstein, onde o filme “Os Três Mosqueteiro” foi filmado em 1993.

Interior da fortaleza:

DSC07609-Foto Ginapsi 

DSC07612- Foto Ginapsi DSC07637-Foto Ginapsi

DSC07602-Foto Ginapsi

No dia da nossa visita um grupo de estudantes estava participando e questionando sobre a origem do castelo. Foi muito bom ouvir as respostas do guia. Claro que eu tinha uma tradutora, que fala muito bem o  idioma local!rs

DSC0762-Foto Ginapsi

A visita ao interior do castelo  é dividida em pequenos grupos. O guia abre uma porta para um salão, as pessoas entram e ele fecha a porta. Após as explicações/perguntas sobre tudo que há lá dentro, ele abre outra porta dando para outro aposento e procede da mesma maneira, fechando a porta ao entrarmos nesse novo cômodo.

Visitamos quase todos os aposentos do castelo. Alguns não estão abertos ao público.

Ao final da visita, retornamos ao pátio.

DSC07595-Foto Ginapsi

Contam que foi construído, sob o castelo, um jazido da família e que Johann Wilczek está enterrado lá.

Atualmente o dono do castelo é o conde Hans-Christian Wilczek.

DSC07642-Foto Ginapsi

DSC07608-Foto Ginapsi

O castelo funciona de abril a novembro.

Ingresso: Adulto: 10 euros, mais informações no Site: http://www.kreuzenstein.com

No próximo post  vamos conhecer o interior do castelo: salão, dormitório, cozinha e muito mais.

Até breve!

Read Full Post »

Na minha recente viagem à Europa, fui convidada a conhecer o Campo de Concentração Nazista de Mauthausen, situado a cerca de 20 km da cidade de Linz, Alta Áustria.

DSC08478 - Foto Ginapsi.

Entre os anos de 1938 e 1945  passaram por lá cerca de 200 mil pessoas,  de vários países, que viveram os horrores da guerra. Muitos morreram em câmaras de gás ou por maus-tratos,  por serem judeus ou por seus ideais sociais e políticos.

DSC08669 - Foto Ginapsi

Crematório

DSC08657 - Foto Ginapsi

Os prisioneiros eram obrigados a trabalhar em pedreiras, na fabricação de armas, munições, minas e peças de aviões.

Esse campo de concentração foi transformado em um museu do Holocausto. Os visitantes costumam colocar uma pedrinha. A minha está lá!

DSC08513

DSC08516- Foto Ginapsi

O museu mostra como era o dia a dia dentro do campo, uma exposição de utensílios, gravações com sobreviventes sobre o horror da guerra e inclui, também, a Sala dos Nomes com os dados pessoais de 81 mil das 90 mil vítimas do campo. Ao lado tem 3 ou 4 fichários com as listas dos nomes.

DSC08666 .Foto Ginapsi

DSC08667 - Foto Ginapsi

Diferente de outros campos, para lá só eram destinadas as pessoas da alta sociedade, de maior grau de educação e cultura.

Esse campo foi o último a ser liberado pelos soldados aliados ao final da guerra.

DSC08557- Foto Ginapsi

Nos muros, lápides dos mortos trazidas por parentes.

DSC08565-Foto Ginapsi

Na área do campo tem uma pedreira com 186 degraus. De lá eram arremessados ou caíam de esgotamento, sendo obrigados a subir carregando pedras, após horas de trabalho forçado sem alimento ou água suficientes.

DSC0850 -Foto Ginapsi

“Outros métodos de extermínio usados em Mauthausen eram:

  • Surra com bastões até a morte
  • Chuveiro de gelo, onde eram obrigados a tomar um banho gelado e depois deixados para secar do lado de fora da barraca sob um frio de -30 °C, morrendo de hipotermia (3.000 morreram assim)
  • Fuzilamento em grupo
  • Experimentos médicos ( com inoculação de bactérias de tifo e cólera nos prisioneiros para testar vacinas. (2000 mortos)
  • Enforcamento
  • Fome em solitárias
  • Afogamento em barris de água
  • Arremesso de prisioneiros na cerca eletrificada do campo”. (Wikipédia)

DSC08648 - Foto ginapsi

Os dormitórios tinham beliches, que atualmente foram retirados:

Foto: tramullas.com

Foto: tramullas.com

Quarto de banho:

DSC08672 - Foto Ginapsi

A libertação por tropas americanas ocorreu em 05 de maio de 1945.

DSC08531- Foto Ginapsi

DSC08527 - Foto Ginapsi

DSC08547 - Foto Ginapsi

Triste episódio da história do homem.

Read Full Post »

Older Posts »