Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Canada’ Category

Olá!

Andei sumida, mas não deixei de viajar! Fui a Nova York rever meu irmão e em Toronto visitar minha filha, genro  e as netinhas.

Mais uma vez curti muito NY e conheci  outras cidades: New Jersey  e  Washington DC.

New Jersey – Coney Island Beach

 

Washington DC – Casa Branca.

 

 

Em breve vou postar minhas aventuras na terra do Tio Sam.

 

 

Read Full Post »

Ainda tem muito o que se ver em Elora:

 

00001263

00001071

00001259

Nessa ponte tem muitos pássaros e alguns ninhos.

00001067

00001161

00001187

00001265

00004186-copia-copia

????????????????????????????????????

00004190-copia-copia

Depois que visitamos Elora, almoçamos e seguimos para o Victoria Park River e os canyons.

davidstreetbridge

David Street Bridge – Foto Wikipedia.

No caminho passamos pela David St. Bridge: uma obra magnífica, arquitetonicamente falando!Mas a foto só fica bonita vista debaixo.

Apresentamos os braceletes  que recebemos quando pagamos o ingresso no Elora Gorge e entramos no parque para estacionar o carro. Todo percurso é bem sinalizado e protegido para evitar quedas.

A placa diz mais ou menos isso:”Desfiladeiro profundo, atenção, fique atrás a partir da borda.”

00001363

Andamos um pouco na trilha até chegarmos ao rio.

00001303

00001307

00001313

00001309

00001311

O Grand River passa por um desfiladeiro de dois quilômetros de comprimento, com falésias calcárias que alcançam 22 metros de altura.

00001299

00001293

São desenvolvidas  atividades como pesca, canoagem, ciclismo, natação, camping, caminhadas e piqueniques.

00001319

00001325

O pessoal gosta de sentar  nessa pedra para tirar foto.

00001323

00001331

Chegamos ao rio e ficamos observando a paisagem, a correnteza do rio e os visitantes que estavam do outro lado. Esse rapaz teve dificuldade de manobrar o caiaque por causa da correnteza .

00001339

00001345

00001349

00001355

00001285

Quanto mais olhava mais curtia esse presente da natureza!

00004193-copia-copia

00004194-copia-copia

00001361

Depois do passeio e  das intermináveis fotos, retornamos ao estacionamento.

00001367

00001369

Mais uma aventura que valeu muito a pena!

00001374

Até breve!

 

 

Read Full Post »

Essa viagem para o Canadá foi cheia de novidades! Fomos conhecer uma cidadezinha chamada Elora,  no município de Wellington County, distrito de Centro Wellington, Ontário.

00001065

Fica a 115 km de Toronto,  cerca de 20 km ao norte de Guelph  e a 20 km a nordeste de Kitchener-Waterloo.

00001213

Mapa e uma visão da cidade

Foto: Flickr.com

Foto: Flickr.com

Foi fundada  pelo Capitão William Gilkison, em 1832. Ela está situada no Grand River. As casas são feitas de pedra calcária.

00001177

Essa é a Mill Street West

00001211

As principais atrações da cidade  são: uma cachoeira e uma pequena ilha  com o nome de “Tooth of Time”,  um moinho com cinco andares, além de lojas e galerias de arte. A rua mais badalada é a Mill Street West. Lá estão lojinhas, o  cinema, o shopping , cafés e restaurantes típicos.

Esse é o Velho Moinho. Desse ângulo dá pra ver os cinco andares:

 

Foto: wikipedia

Foto: Wikipédia

Outro ângulo do moinho

00001205

00001183

Lojinha no centro da cidade

00001193

00001267

00001217

00001271

A igreja

Foto: pinterest

Foto: pinterest

Estas são as ruínas da Fábrica Karkiddie:

220px-mill_ruins_elora

Foto: Wikipédia

Depois que visitamos a cidade fomos  conhecer o Elora Quarry,  um lago que se formou  de uma pedreira de calcário arrodeado de falésias,  com altura de 12 metros.

00001073

Não tive coragem de entrar: a água estava gelada, rs!

00001099

00001081

Não é permitido salto, mas algumas pessoas desobedecem as regras. Tem vários fiscais orientando os aventureiros sobre o perigo. Mesmo assim os “destemidos” se jogam!

00001101

Algumas cenas do filme Angel Eves foi filmado no  Elora Quarry. O lugar é muito lindo!

00001135

O parque é bastante arborizado, tem lugares para piquenique e não admite álcool  nem cães. Ao pagar recebemos um bracelete para ser apresentado na outra atração : canyons.

00001127

00001119

00001133

Informações do parque:

O parque está aberto no primeiro sábado de junho até o Dia do Trabalho das 10 às 20 horas nos fins de semana e das 11 às 20 horas durante a semana.

Endereço: 319 Wellington County Rd. 18, Elora.

Admissão parque (Dolar canadense)

Pré-escolar (5 e abaixo)        Livre
Criança (6-14)                           $ 3 
Adulto (15-64)                          $ 6
 Idoso: (65+) / Pessoas com deficiência  $ 5,25
Aviso do Parque:
Nenhum salto ou mergulho é permitido. Os visitantes devem
ficar atrás das barreiras.
A praia não é vigiada. Pais e responsáveis – manter um próximo às crianças,
assistir em todos os momentos.
Um programa de colete salva-vidas de empréstimo está disponível. O uso dos coletes salva-vidas é
livre com um pequeno depósito, re-embolsável. Informe-se na portaria.
 Mais Elora:
Esse é um boneco  feito de madeira.
00001227
O rio e os pássaros
00001233
Patinhos no rio
00001223
Cenas da cidade:
00001175

Praça

Procure o esqueleto do lagarto. Encontrou? rs
00001275
00001163
00001155

Até o próximo post com mais Elora.

Ah! O esqueleto está na parede acima do carro estacionado. É feito de metal.

 

 

Read Full Post »

Visita ao Museu Aga Khan

Na última  viagem  a Toronto fui visitar um museu  chamado Aga Khan. O museu apresenta arte islâmica, iraniana (persa) e muçulmana.

P1070781-2

Vista do exterior do Museu Aga Khan

Abriga coleções de arte e herança islâmica acrescentando um acervo de coleções particulares de Sua Alteza o Aga Khan, do Instituto de Estudos Ismaili em Londres, e do Príncipe e da Princesa Sadruddin Aga Khan, que apresentam contribuições  artísticas, intelectuais e científicas das civilizações muçulmanas.

Na entrada, a fachada do museu é refletida num espelho d’água, de granito preto. Na  área externa  tem uma lagoa de pedra preta,  refletindo a fachada do museu e o jardim.

P1070778-2

P1070779-2

Pátio externo – Café

Esse museu foi projetado por  Pritzker Prize. Abrange uma área de 10 mil metros quadrados, com jardins e rodeado por um grande parque.

P1070783-2

Jardins

P1070784-2

P1070788-2

O projeto foi criado pelo  arquiteto paisagista Vladimir Djurovic. O museu foi  inaugurado  em 18 de setembro de 2014.

P1070789-2

P1070793-2

Na entrada tem uma loja do museu ( souvenir), um café, a Bilheteria  Desk (admissão) e um tapete pendurado no teto. Ele é todo  feito a mão. No pátio externo a entrada é free.

P1070840-2

 Bilheteria Desk (admissão)

Bilheteria Desk (admissão)

Tapete feito a mão. Atrás é todo vermelho.

Tapete feito a mão. Atrás é todo vermelho.

A coleção abrange 1.000 objetos: cerâmicas, metalurgia, pinturas, manuscritos, entre outros.

P1070795-2

P1070797-2

P1070798-2

P1070800-2

P1070806-2

P1070807-2

P1070808-2

P1070809-2

P1070810-2

P1070811-2

P1070812-2

P1070813-2

P1070801-2

P1070803-2

P1070804-2

P1070805-2

P1070814-2

P1070815-2

P1070816-2

P1070817-2

P1070818-2

P1070820-2

P1070821-2

P1070823-2

P1070825-2

P1070826-2

P1070827-2

P1070829-2

P1070828-2

O pátio interior é uma característica tradicional da arquitetura islâmica.

P1070830-2

Pátio interno

Nota do museu:

“Os visitantes são convidados a relaxar no pátio Aga Khan Park ou museu, ver as coleções no quarto Bellerive, ou navegar na Loja do Museu, sem compra de um bilhete Museu admissão.Os bilhetes são necessários para a entrada em galerias e para a participação na maioria das artes de palco e programas de educação e eventos.” Pode também ser comprado on-line.

P1070831-2

Pátio interno

P1070837-2

Piso do pátio

P1070838-2

P1070833-2

P1070841-2

P1070842-2

P1070843-2

Café

P1070844-2

Jardins

P1070845-2

P1070847-2

O Sol iluminando a pirâmide!

P1070848-2

P1070849-2

P1070851-2

P1070850-2

P1070853-2

P1070857-2

P1070858-2

Onde fica:

77 Wynford  Dr,  Toronto, Ontário  M3C  1K1 , Canadá.

Os bilhetes são necessários para admissão nas galerias.

Funcionamento:

Aberto de terça a domingo das 10 horas – 18 horas, exceto às quartas-feiras, quando tiver horas estendida 10 horas – 20 horas.
Segundas-feiras fechados, exceto feriado estatutário segundas-feiras.

A entrada para o museu e todas as exposições é gratuita todas as quartas: 16 horas – 20 horas.

Nota do Museu:

“Os visitantes, por favor, note: carrinhos são geralmente permitido nas galerias. No entanto, durante os períodos de pico, especialmente quarta-feira noite de 4-6: 30 pm, a entrada de carrinho de criança pode ser restrito. Carrinhos estacionamento sem supervisão estará disponível neste momento.

O Museu não será responsável por qualquer perda ou dano à propriedade pessoal”

Admissão:

Adulto: $20

Criança (6-13): $10

Senior: $15

Student: $12  (14-17 ou a tempo inteiro pós-secundário com ID)

Grupo (10+): Adulto $15, Criança: $8, Senior: $12, Student: $10

Admissão membro: LIVRE

NOTA do MUSEU:

“Os visitantes, por favor:

  • não toque em nenhum dos artefatos ou obras de arte.
  • não consumir alimentos e bebidas nas galerias ou auditório.
  • transformar o seu telefone móvel para o ajuste nas galerias vibrar, e desligar o dispositivo no auditório.
  • não usar o flash no primeiro andar (coleções de museu) galerias.
  • não tirar fotos no segundo andar (Exposições Temporárias) galerias.
  • não use bastão de selfie no Museu.
  • verificar itens de grande porte (por exemplo, mochilas, guarda-chuvas, e tripés) no vestiário gratuitamente.
  • pergunte no Bilhetes de turismo antes de esboçar nas galerias.

O Museu é monitorado pela vigilância de vídeo.

Os visitantes com idade inferior a 14 anos devem ser acompanhados durante toda a duração da sua visita de um acompanhante que tenha pelo menos 14 anos de idade.”

 

 

 

 

 

Read Full Post »

A cidade de Toronto encanta seus visitantes. Em cada canto tem uma curiosidade, como esta: O Museu do SapatoBata Shoe Museum. Lá você vai conhecer a história do sapato, em vários cantos do mundo, até os dias de hoje. Vale a pena uma visita!

Museu do Sapato

img_0002

Sapatos indianos tecidos com fios de ouro e pontas arrebitadas .

Falo sobre o Bata Shoe nesse post ( https://ginapsi.wordpress.com/2011/11/18/museu-do-sapato-toronto/).

Vai apreciar vários tipos de arquitetura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

DSC05348 (640x480)

Conviver com a natureza em plena cidade!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Encontrar várias culturas num só lugar: Chinatown, no coração de Toronto. Lá você vai encontrar todo tipo de souvenir, com preços convidativos.  Localizada no cruzamento da Spadina Avenue com a Dundas Street.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Apreciar a harmonia entre o velho e o novo: Old City Hall – a antiga prefeitura está ao lado da nova City Hall.

A nova prefeitura e sua arrojada arquitetura! Próxima à Nathan Phillips Square. Inaugurada em 1965.

City Hall – Toronto

Vocês sabiam que no terraço (pódio) eles fizeram um grande jardim público? Para chegar lá siga a rampa em frente da prefeitura ou uma das escadarias laterais.

Foto:www.livewithculture.ca

Foto:www.livewithculture.ca

A CN Tower pode ser vista de toda parte da cidade e de vários ângulos:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

CN Tower

Em frente ao City Hall.

Não poderia esquecer da mais charmosa atração turística de Toronto: a CN Tower !

Curiosidades:

Sua altura total é de 553 metros e 33 centímetros, sendo que o principal observatório da torre está localizado a aproximadamente 342 metros de altura. A torre possui um segundo observatório, o Sky Pod, localizado a 447 metros de altura, o mais alto do mundo.

Após a inauguração da Torre CN, a Canadian National Railway logo viu que a Torre CN era muito mais lucrativa como uma atração turística do que uma torre de transmissão. Com cerca de um milhão de turistas subindo a torre anualmente, desde que foi construída, a Torre CN nunca operou no vermelho. Seus custos de construção foram pagos em apenas 15 anos.

Outra curiosidade da Torre CN é a escada que vai desde o térreo até o principal observatório – ela tem 1 776 degraus, e é a escada mais longa do mundo. Projetada principalmente para casos de emergências, anualmente a escada é utilizada duas vezes para “escaladas de caridade” – abertas a quaisquer pessoas que queiram participar e ajudar a comunidade. A média do tempo que um escalador leva para subir todos os 1 776 degraus é de 30 minutos, sendo que o recorde é de 7 minutos e 52 segundos. (Wikipédia)

(Wikipedia)

???????????????????????????????

E Toronto tem muito mais! Acompanhe o Ginapsi!

Até breve!

Read Full Post »

Olha eu aqui! Com um certo atraso, rsrs… Agradeço a todos e todas que visitaram o blog “Ginapsi”, compartilhando comigo os momentos felizes e os lugares visitados. Que venham mais viagens em 2015!!!

Em breve mais post com a viagem ao Canadá e ao EUA (atrasadíssimos!!!)

Até

DSC05696

Toronto - Canadá

Toronto – Canadá

Read Full Post »

Depois de curtir, pela primeira vez, a cidade de New York voltei para Toronto. Mais uma surpresa me esperava. Conhecer a Bruce Peninsula, no Lago Huron.

toronto-owen-sound

Google Map

Saímos de Toronto bem cedo e seguimos a rota traçada no mapa até a cidade de Tobermory, na Georgian Bay. Já conhecia a cidade de Bracebridge, que aparece no mapa, e arredores: Blue Mountain e Collinwood (ver post).

Tobermory é uma pequena cidade portuária que fica a 300 km de Toronto. As águas cristalinas mostram o fundo e os vários navios naufragados, que tornaram-se atrações turísticas. Destino turístico popular para camping, caminhadas e pesca.

Telusplanet.com

Telusplanet.com

Atrações de Tobermory:
*O ferry de nome MS Chi-Cheemaun faz a ligação de Tobermory a Manitoulin Island, no Lago Huron.

Foto by Ginapsi.

Foto by Ginapsi.

Há outros portos da região como Big Tub e Little Tub, sendo que o Big Tub Harbour é o maior porto natural de água doce do Canadá.

*Naufrágios (uns 22) – Para quem gosta de mergulho esse é um bom lugar. O barco sai do cais de Tobermory para uma visitinha aos navios naufragados.

Navio naufragado - Tobermory by Ginapsi.

Navio naufragado – Tobermory by Ginapsi.

*Visita ao Fathom Five Parque Nacional Marinho:

The Flowerpots (rochas que parecem vasos) – para visitar a ilha paga-se 5,80 por adulto ou 14,50 / por família, mais o valor do barco.

The Flowerpots - Foto by Ginapsi.

The Flowerpots – Foto by Ginapsi.

*Faróis históricos – entre eles está o Big Tub Lighthouse, construído em 1885, tem 6 lados e 14 m de altura.

Faróis históricos - Foto by Ginapsi.

Faróis históricos – Foto by Ginapsi.

*The Grotto (A Gruta) –  as ondas da Georgian Bay esculpiram essa gruta durante milhares de anos. Vista de cima.

The Grotto - Foto by Ginapsi.

The Grotto – Foto by Ginapsi.

*Indian Head Cove – observe como o contorno da rocha lembra  o perfil de um índio… daí o nome!

Foto by Ginapsi.

O mergulho é proibido, mas os corajosos se arriscam  e pulam na água gelada!

Foto by Gina Moraes.

Foto by Ginapsi.

*A praia no lago: Praia de Singing Sands. Apesar da água ” gelada” muita gente se aventurou a tomar um banhinho…

Foto by Ginapsi.

Foto by Ginapsi.

*Lion’s  Head –  nome dado a cidade  porque a escarpa tem o formato da cabeça de um leão.

Foto by Ginapsi

Foto by Ginapsi.

*Bruce Peninsula National Park – seguimos a trilha de dificuldade média. As outras são mais íngremes.

Foto by Ginapsi

Foto by Ginapsi

*Little Cove – outra praia de águas cristalinas.

Litte Cove - Foto by Ginapsi.

Litte Cove – Foto by Ginapsi.

*Fauna e Flora

Museu - Foto by Ginapsi.

Museu – Foto by Ginapsi.

Foto by Ginapsi.

Foto by Ginapsi.

Várias espécies de animais como: coruja barrada, veados de cauda branca, esquilo vermelho, esquilo voador, ursos negros, porco-espinho, guaxinins e uma variedade de cobras. Entre elas a Massasauga, uma espécie de cascavel. Ainda bem que não encontrei nenhuma no caminho!

Uma variedade de plantas e orquídeas selvagens. Em junho acontece o Festival Anual de Orquídeas.

Assistir o pôr do Sol na Bruce Peninsula, é maravilhoso!

Foto by Ginapsi.

Foto by Ginapsi.

No próximo post tem mais!

Read Full Post »

Older Posts »