Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Lavandas’

Olá pessoal!! Andei sumida, mas agora retorno com novos posts!

Em breve contarei sobre a minha última viagem ao Canadá e de quebra nos “States”.

Foram 30 dias maravilhosos e cheios de emoção!

– Que tal conhecer uma fazenda de plantação de lavanda?

Fazenda de Lavanda

Fazenda de Lavanda

-Descobrir um templo Budista na América?

Templo Budista

Templo Budista

-Rever as Cataratas do Niagara recheada de belas fotos e com muita adrenalina?

Niagara Falls

Niagara Falls

-Visitar New York e encontrar  o Homem de Ferro, o Incrível Hulk e o Homem Aranha?

Os Super Heróis!

Os Super Heróis!

Conhecer o Museu Metropolitano de Arte  e o Museu de História Natural, em NY: tim, tim por tim tim…!!!

Museu de Arte - New York

Museu de Arte – New York

Museu de História Natural - NY

Museu de História Natural – NY

E tem mais! Curtir uma viagem fantástica ao Lago Huron, o segundo maior dos cinco  Grandes Lagos da América do Norte, a Península de Bruce e o  Parque Nacional ,  além  da cidade de Tobermory e do Parque Marítimo Fathom Five, na Georgian Bay.

Lago Huron - Canada

Lago Huron – Canada

É ou não é muita emoção!? E tem muito mais. Acompanhe os próximos posts do Ginapsi.

Read Full Post »

Esse post está super atrasado, mas não vou virar o ano sem mostrar  as delícias preparadas com as frutinhas cultivadas pelo querido genro. Não é média não, nos damos super bem!rsrs.

Veja o que ele conseguiu fazer  num pedacinho de terreno.

Plantou cebolinha  e cebola. Veja o antes…

e o depois!

A flor da cebola é muito linda!

Os tomates  antes…

e depois!

Beterrabas

cresceram, muuuito!

Alface  em vasos.

Os pimentões ficaram  enormes.

Hortelã

O pezinho de uvas.

A parreira cresceu rápido. No próximo ano talvez já tenha uvinhas.

No canto esquerdo  os pés de framboesas e  ao lado o pé de pêssego. Esse infelizmente foi atacado por  uma doença, que deixou as folhas com pontinhos amarelados e todos os pêssegos secaram antes de se desenvolverem.

Os pés ficam cheinhos de frutas, mas na  hora da colheita precisamos ter cuidado com os espinhos.

Nossa produção de framboesas (raspberry)  em um dia de colheita. Nada mal!

Os pés de morangos ( strawberry) floridos.

Os primeiros moranguinhos…

Hummm… morangos!Logo, logo os pés ficaram cheios de moranguinhos vermelhinhos e docinhos.

Olha as ameixas ainda verdinhas!

Flores e mais flores!

Na entrada,  o  pinheiro será a  Árvore  de Natal.

Essas lindas flores alegraram o jardim.

As lavandas (lavender) ficaram esparramadas pelo canteiro e perfumaram todo o quintal.

O figo cresceu bastante, mas só daqui um tempinho vamos poder  saborear essa fruta.

Olha a produção de tomates (tomatoes) !!

A filhota fez saladas,  molho de tomate , tomates ao forno e congelou uma boa quantidade.

A colheita de ameixas foi bastante farta e eu comi pra caramba!rsrs.

As beterrabas  (beets)  cresceram,  fizemos saladas e minha filha fez esse pão, que acabou rapidinho de tão gostoso!

As framboesas, as ameixas e os morangos  tiveram um final delicioso: geléias, sucos e tortas!!!

As lavandas depois de secas viraram sachê.

Depois desse post  “saboroso e perfumoso”, rsrs, ficamos com água na boca, não é?

Até o próximo post.

Bye, bye!

Read Full Post »

Lavandas da Livi

“Quando as palavras fogem, as flores falam”. (Bruce W. Currie)

Read Full Post »

Saindo de Basel-Suíça em direção a região da Alsácia-França. Pegamos uma estrada secundária. Passamos para o lado da Alemanha, depois cruzamos o Reno outra vez para chegar à França. Passamos por várias cidadezinhas, uma usina nuclear (Fr), uma usina elétrica, a fábrica da Rhodia e plantações irrigadas. Viajamos mais alguns quilômetros e chegamos a Colmar, uma cidade  com arquitetura alemã fundada no Séc. IX. É de lá o escultor da famosa Estátua da Liberdade de Nova York, Frederic Auguste Bartholdi . Colmar está na rota dos vinhos, é uma cidade que convive com prédios em estilo gótico e com  arquitetura moderna.  Localiza-se  no departamento de Haut Rhin (Alto Reno), entre a Basileia (60 km) ao sul e  a cidade  de Estrasburgo (65 km) ao norte.

Image (67) Devido a seus canais é conhecida como a Pequena Veneza (Petit Venise), referindo-se a cidade italiana de Veneza. Também é conhecida pelos seus vinhos. A Rota dos Vinhos, como é conhecida a região da Alsacia, é um deleite para os amantes de um bom vinho.

Image (68)

Petite Venise.

Banhada pelo rio Lauch, está distante do Rio Reno  aproximadamente 20 km. Essa região já fez parte da Alemanha. Preserva os monumentos arquitetônicos e museus, como as casas de madeira velha. Image (69) Outra característica das  cidades alsacianas são as casas floridas. É costume embelezar todas as janelas. Tem até concurso nacional para escolher a cidade mais florida e também,  as vilas mais bonitas da França. Tem flores em tudo que é lugar! A cidade fica linda!

Image (70) Parece um cenário de contos de fadas. O centro histórico  de Colmar  apresenta arquitetura tipicamente alemã.

Image (72) O passeio por essa encantadora  cidade pode ser feito a pé ou nesse  trenzinho.

Image (81) Image (82) Esse cidadão é um imigrante do leste europeu. Nos proporcionou um momento especial enquanto fazíamos um pequeno lanche.

Image (78) Detalhe dos telhados Image (77)

Cour Sittler

A área central da  antiga cidade, bem conservada, alberga vários edifícios, alguns de grande tamanho, em estilo gótico alemão e primeiro renascimento, bem como várias  igrejas antigas, entre as quais está a  de San Martín (do século XIII) como a maior e mais notável. 

Os vitrais da igreja  são realmente belíssimos.

Atrações de Colmar: *Old Town *Little Venice – na entrada da Pequena Veneza, nas quintas-feiras, o Mercado Coberto (Marché Couvert)  está aberto para visitação. *Reserve um tempo para conhecer o Museu Underlinden (possui uma das obras mais dramáticas e belas do estilo gótico, o Rétable d’Issenheim de Mathias Grünewald e Niklaus von Hagenau). *Statue of Liberty (fica numa rotunda) *Musée du Jouet et du Petit Train *Koifhus (Old Custom House) *Eglise St Martin *Eglise des Dominicains *House of Heads *Gazon du Faing *Le Musée  d’Histoire Naturelle et d’Ethnographie *Espace d’Art Contemporain André Malraux.

Na hora da partida  fui premiada com a música desse senhor, com seu traje típico. Image (71)

Antes de chegar a Colmar passei por uma vila chamada Rosheim, onde encontrei essa belíssima  Igreja Romana.

Um fato curioso foi que ao entrar na igreja para conhecê-la , uma senhora distribuía  alguns papéis. Fiquei envergonhada do que li no papel. Era uma carta ao presidente  do Brasil, com um abaixo  assinado da população local,  falando da tortura e da impunidade no Brasil. Tratava do episódio  acontecido em São Bernardo do Campo -SP, em fevereiro de 2004,  onde  jovens de 21 a 24 anos foram torturados e mortos e que os culpados foram soltos em outubro de 2004 pelo júri. Essa carta pede que o  presidente tome providências para acabar com essa situação.  Incrível encontrar tão longe do Brasil, pessoas preocupadas com o direito do cidadão.

E já que estamos falando da França, que tal uma esticadinha até a região de Provence? Os campos de lavanda são maravilhosos!

A visita da Abadia de Senanque-Monges Beneditinos é uma boa pedida.

Até.

Read Full Post »